Situações preocupantes na gravidez: Eclâmpsia e atenção médica no pré-Natal


A gestação saudável é o planejamento de toda grávida e ninguém gosta de se deparar com surpresas desagradáveis. Porém, o que faz realmente toda a diferença nesse período é ter informações suficientes para reconhecer quando existe algo de errado com ela e o seu bebê. Durante essa fase, contar com o apoio profissional e monitoramento adequado do pré-natal pode ser decisivo no momento de reconhecer os riscos e saber agir da forma correta. 


Os principais sinais de alerta durante a gravidez são: dores de cabeça, dores no estômago; aumento excessivo de peso da gestante; inchaço dos pés e mãos; elevação da pressão arterial (PA) a PA mínima não deve estar maior ou igual >ou = a 90mmHg; quando a mínima chega 110 ou 120 o risco é alto para pessoa apresentar convulsão.


Para a gestante, amigos e familiares é preciso estar atento aos sintomas descritos acima e caso haja algo similar, procure atendimento de emergências obstétricas sempre que possível. Caso ocorra desmaio ou convulsão, no caminho da maternidade o acompanhante deve deixar a cabeça da vítima de lado, pra evitar aspiração. Porém, desde o início da gestação a paciente deve conversar todas as possibilidades de situações difíceis com o seu médico prenatalista. Gravidez não é doença, mas apresenta nuances muito delicadas, que não raro nos surpreende com emergências fatais.